Como Fazer

8 plantas para limpar o fígado

Conheça as 8 melhores plantas para o ajudar a desintoxicar e limpar o fígado.

O fígado é um dos maiores órgãos humanos e também um dos mais importantes. Ele é o responsável pela limpeza do organismo e desempenha um papel crucial para o equilíbrio do nosso corpo.

Para um funcionamento óptimo o fígado está em constante manutenção. Alguns alimentos assim como suplementos naturais podem ajudar a manter  boa saúde do fígado assim como potenciar o tratamento de algumas dos seus problemas.

1. Casca de Borututu

Esta planta tem o nome científico de Cochlospermum angolense Welw e é conhecida pelas suas propriedades purificantes e antioxidantes que ajudam a proteger as células.

A casca de Borututu contém substâncias como bioflavonoides que ajudam a melhorar a circulação sanguínea e a normalizar a tensão arterial. Isto não só ajuda a reduzir o colesterol como facilita o processo de limpeza e desintoxicação do organismo. A casca de Borututu também é usada para problemas de fígado, vesícula e complicações gastrointestinais.

cardo

2. Cardo Mariano ou Cardo Leitoso

É das plantas há mais tempo utilizadas na medicina tradicional devido às suas propriedades anti sépticas, anti inflamatórias e diuréticas. Estimula a produção da bilís, ajuda na reestruturação dos tecidos do fígado e ainda ajuda na digestão.

A silimarina é um dos seus componentes  principais do Cardo Mariano que ajuda a proteger e reparar as células do fígado actuando como um desintoxicante que ajuda este órgão a recuperar dos efeitos de substâncias tóxicas como o álcool.

chapedra

3. Erva Quebra–Pedra ou Pimpinela Branca

Esta planta tem o nome científico de Phyllanthus niruri  e é muito utilizada em problemas da bexiga e pedras nos rins pela sua acção purificante. A Quebra-Pedra tem também um efeito estimulante no processo de limpeza fígado e produção de bílis.

Muito utilizada em infusões, veja aqui como fazer o chá.

andorinha

4. Chelidonium ou Erva Andorinha

Muito utilizada em homeopatia pelas suas propriedades sedativas, analgésicas e antimicrobianas e antiespasmódicas.

A erva-andorinha estimula a produção de enzimas no pâncreas, a produção de bílis e ajuda o fígado a regenerar-se.

chicoria

5. Raiz de chicória

Utilizada desde cedo pelos romanos, persas e árabes como substância purificante na cura e tratamento de pedras no trato urinário e fígado, assim como na indigestão, prisão de ventre e dores de cabeça.

A raíz de Chicória ajuda a limpar o organismo de diversas formas, estimula a função biliar, actua como laxante, ajuda no processo digestivo, purifica o sangue e contribui para a reparação de erupções de pele.

curcuma

6. Curcuma ou Açafrão da Terra

O Açafrão da terra ou Curcuma é conhecido pelas potentes propriedades medicinais da sua raíz.

Ela possuí uma conhecida acção antiinflamatória e anti-infecciosa protegendo assim o tubo digestivo.

Indicada em caso de indigestão e enjoo e no tratamento de gastrites, úlceras, colesterol elevado e outras inflamações.

Estimula a acção regenerativa do fígado e a produção da bílis.

menta

7. Hortelã pimenta

A hortelã pimenta ajuda na digestão e facilita ao organismo a tarefa de decomposição das gorduras contribuindo assim para a estabilização dos níveis de colesterol.

É antiparasítico e antivirótico e o seu efeito vaso dilatador ajuda a evitar congestões e bloqueios em órgãos como os rins e bílis.

rumex

8. Rumex

O Rumex é um conhecido purificador sanguíneo. Ajuda na digestão de comidas gordurosas através do estímulo da produção de bílis. O Rumex ajuda a dispersar o excesso de ferro acumulado no fígado e ajuda o corpo a eliminar metais pesados como o arsênico.

 Veja também:

Como limpar o fígado?

Como fazer desintoxicação do fígado?

Como fazer arroz com metade das calorias?